De Sapucaia do Sul, região metropolitana de Porto Alegre, surgiu um dos mais promissores atletas das categorias de base do Grêmio. Em 14 de setembro de 1990 o mundo começou para ele, como gosta de afirmar. Batizado Douglas Costa de Souza, o menino franzino chegou ao Estádio Olímpico ainda criança, depois de passagem pelo Novo Hamburgo. Aos 15 anos, o fã de Ronaldinho Gaúcho estava por ser mandado embora do seu clube do coração, quando deparou com o então diretor executivo Rodrigo Caetano.

“Eu era muito magro. Mas aí ele me abraçou, deu moral e disse que eu cresceria lá dentro. Era para eu ficar tranquilo e trabalhar, que ele acreditava no meu futebol. Sempre apostou em mim”, revelou em entrevista ao programa Esporte Espetacular, da Rede Globo.

Desta forma, com qualidade, trabalho forte e muita vontade de vencer, trilhou seu caminho. Em 2008, pelo Campeonato Brasileiro, logo em sua estreia como profissional, marcou seu primeiro gol, diante do Botafogo, em quatro de outubro, impressionando os torcedores. No ano seguinte, assumindo a titularidade no meio-campo gremista, ampliou seu potencial e foi negociado com o Shakhtar Donetsk ao final da temporada, onde ficou por cinco anos e meio, ganhando doze títulos. Em junho de 2015, uma ligação que mudou seu rumo e o tirou do Leste Europeu.

“Tocou o telefone e eu atendi. Era o Guardiola (Pep, treinador). Ele falou que o Bayern estava me contratando, que eu ia jogar. Respondi que sabia que tinham vários atletas em minha posição, que eu iria aguardar e trabalhar, mas ele falou que podia ir e confiar, porque iria jogar”, disse.

A mudança de paradigmas, nova postura tática e evolução técnica de seu futebol em menos de um ano no Bayern München renderam diversas assistências, gols e destaque dentre uma gama de jogadores consagrados. Aliás, como no Grêmio, logo na primeira aparição, balançou as redes também, diante do Hamburgo. Com o número 11 às costas, se consolidou como um dos principais nomes da equipe bávara e retornou à Seleção Brasileira, onde já era convocado desde os tempos de Ucrânia.

Lutador na vida e dentro de campo, driblador e ágil, excelente finalizador, o admirador de José Aldo, do UFC, também tem uma rotina pesada de treinamentos. Seja em turno inverso aos treinos com sua equipe, ou mesmo nas férias, não deixa de preparar o corpo e a mente para os desafios. E gosta disso.

“Não tem como manter os trabalhos se não gostar. Sou apaixonado pelo que faço e o treinamento funcional me proporciona esta satisfação. Não vejo problemas de fazer diariamente, visando sempre estar bem fisicamente. Tenho meu preparador físico particular, que é amigo de infância, o Lucas (Kruel, educador físico), então a série de exercícios é diária”.

Admirador de ícones em diversas modalidades esportivas, como Rafael Nadal, Stephen Curry, Gabriel Medina, Usain Bolt, Floyd Mayweather e Lewis Hamilton, busca a inspiração para as vitórias nos melhores. Assim sendo, com quatro gols em sua primeira Bundesliga, comemorou também o título alemão, no dia sete de maio, na vitória por 2 a 1 contra o Ingolstadt.

“Pep é o melhor treinador que já tive. Todos os dias eu aprendo coisas novas.  Ele muda um jogo completamente. Ele me melhorou em tudo. Sou um jogador melhor taticamente, graças a Pep. Tanto na defesa, quanto no ataque e até mesmo para achar espaços”.

Adaptado à Alemanha, Douglas Costa ainda carrega um sonho dos tempos de adolescência, algo que na temporada 2015/2016 não foi possível.

“Quero ser campeão da Champions League. Vamos buscar isso em 2017”.

Ficha técnica
Douglas Costa de Souza
Data de nascimento: 14/09/1990
Local: Sapucaia do Sul/RS
Altura: 172cm
Clube atual: Juventus

Clubes
– Grêmio (2002-2009)
– Shakhtar Donetsk (2010-2015)
– Bayern de Munique (2015-2017)

Títulos
– Copa da Alemanha (2016)
– Bundesliga (2015/2016 e 2016/2017)
– Audi Cup (2015)
– Campeonato Ucraniano (2009/2010, 2010/2011, 2011/2012, 2012/2013 e 2013/2014)
– Super Copa da Ucrânia (2010/2011, 2012/2013, 2013/2014 e 2014/2015)
– Copa da Ucrânia (2010/2011, 2011/2012 e 2012/2013)
– Campeonato Sul-Americano Sub-20 (2009)

  • Share:

FALE CONOSCO

A Aguante está de portas abertas para recebê-lo.